Postagens

Mostrando postagens de Julho 1, 2010
Imagem
AMOR ENFERMO

Quando por fim chegou a mim
Veio de uma forma tão ímpar
Voou alto nas nuvens,
Uma estrela pariu
Desvendou meu enigma

Simplesmente surgiu
Fácil demonstrar o que sinto
Mais fácil ainda é fazê-lo crescer
Amor, sentimento infinito
Acabou de amadurecer

Sem meu escudo e armadura
Frágil a sua mercê
Submetido a sua postura
Ajoelhado com muito prazer

Te amo, te quero, te tudo
Sou seu e de ninguém mais
Um ser absoluto
Incompreendido jamais

Faço em você o meu leito
O deleite do leite que alimenta
Faço por que te quero imensamente
Faço por que me rejeita.

André Anlub