Postagens

Mostrando postagens de Novembro 8, 2011

"Algemoso"

Escorre nos pensamentos
Escorre com toque de nostalgia
De vazia se faz cheia, mas agora de poesia
Do pó ao pó.

Mente criativa na ativa... Ativa idéia
Filosoficamente velha, é nova, pode ser tudo
De sol a moribundo, de amor a moribundo...
O que acharem melhor.

Dentro da imaginação tem tudo
Mente ou não, em mente

De lagarta a borboleta...
São iguais, outrora diferentes
A cor roxa é violeta
Papo benevolente
Que prende.

“Algemoso”.

O poeta magoado
Sóbrio ou ébrio
Sendo que anda fazendo curvas
Caminhos são fardos
Infernos são céus
Todos os gatos são pardos.

André Anlub
"