Postagens

Mostrando postagens de Novembro 16, 2011
Imagem
Minha Musa

Em tronco de cajazeira
Com doce alma felina
Esquecendo-me do tempo e da vida
Farei escultura de sua sutil beleza.

Nos olhos o fino acabamento
Com corte vertical de navalha
Para de repente um momento
Uma lágrima dimana em calha.

Boca suave em longas ondas
Relevos da carne entalhada
Perco-me sem eira nem beira

Nariz que faz alvo uma estrela
Enfeita o olhar que ilumina
Meus beijos em farpas que cortam.

André Anlub