Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 26, 2011

Incertezas

Ontem foi um dia simples
Leve chuva caiu
Em um lugar qualquer
Flores foram regadas
Novas vidas brotaram.

Buscam no céu rotineiro
De qualquer Deus jardineiro
Amor, fogueira que queima...
Aos olhos de todos que a notam.

Hoje é um dia simples
Há vida na terra.

Grãos que semeiam,
Toda a área que tateiam.

Há pingos e nuvens
Cinzas, leves plumas.

Molhando e apagando fogueira...
Das vaidades faceiras.

Diga...
Amanhã será dia simples?

Inovação e clareza
Futuro, não é fidúcia.

Temporal imoral
Extinguindo a fogueira.

André Anlub