Postagens

Mostrando postagens de Março 26, 2012

David Gilmour Come to Brazil

Imagem
OBS: Minha montagem aparece no 2:36 do vídeo!

Ponderação vespertina

Imagem
A arrumação das palavras e o estilo próprio de cada indivíduo
Léxico finito de combinação infinita que faz da arte sua lança
O poder de atacar e tocar com as mãos de papel, deixando vestígios
Da singeleza que foi construída à complexidade do voo que alcança.

Quem nunca se rendeu a um poema?
Sentiu na carne de forma intensa o próprio dilema...
Dilema este que nunca foi só seu.

Vidas são como uma resma enorme recebendo rajadas de vento
Inventam que voam, buscando olhos com fome de leitura
Toda palavra por mais simples que seja quer ser lida
Por isso são vidas que voando se resumem em momentos.

Dom Quixote e seus cata-ventos, seus moinhos
Tom Jobim com sua poética que escurece pela manhã
Dom, que jamais pode transmigrar para altivez
Tom, que por sua vez não desafina em seus caminhos.

Insensatez que não deixa de ser metáfora
No quarto colorido e desarrumado dos vocábulos
A nossa cama está sempre feita...
E pela janela entra a lucidez.

André Anlub

Enxugando os Prantos

Imagem
Toda a paz do mundo caindo em gotas de chuva
O amor em plena abundância
Renovada a fé e a esperança
Saúde dando aos montes em cachos de uva.

O ciclo de felicidade dando voltas no infinito
A cada segundo sorrisos e gargalhadas
Desarmadas todas as facções e exércitos do planeta
Todos os soldados com roupas de banho fazendo um churrasco.

Só com uma luneta posso ver o mau que está no nada
Crianças sem fome ou sede e com grande futuro
Drogas, maldade e a raiva morrendo afogadas
Vão-se abaixo preconceitos e muros.

Pessoas que estavam perdidas sendo encontradas
Hinos de todos os países poeticamente cantados
Fazendo assim valer gastar toda a saliva
Presídios se tornando museus e teatros.

Retratos e pinturas só de natureza viva
“Guernica” se transforma em um belo abstrato
A censura se foi e desceu do seu salto
Não existe rabisco, toda arte provém de um traço.

Todos têm na vida o direito de subir em um palco
Poetas aparecem por todos os cantos
O ego e auto-estima do homem se perdem no alto
Poesias trazendo alegria e …

Desabafo de um Amor Desabrochado

Imagem
É inacreditável como sou feliz ao seu lado
Um mix de emoções boas a todo o momento
Sem você preferia viver isolado
Em uma ilha só com um coqueiro.

Sentimento puro e extremo
Amor anos luz de verdadeiro
A verdade mais alta pronunciada
A cura para todo o câncer do planeta.

O bálsamo do bem derramado
Afogando todas as minhas mazelas
Meus pratos preferidos nas panelas
O cheiro do perfume do bem amado.

A pólvora exposta à chama da paixão
Implosão do calor da excitação extrema
Na ponta da língua o sim e o não
O coração é o inverso de pequeno.

É inacreditável como chego a chorar
De saudade, amor ou em um pesadelo
Sonhar em contigo não acordar
Não poder tocar em seu cabelo.

Faltam-me palavras, sobram desejos
Almejo mais e sempre muito mais
Minha vida é sua, pode me abraçar
Nenhuma alma de morte poderá me levar.

André Anlub