Postagens

Mostrando postagens de Junho 22, 2012
Imagem
Memorável Amor

Congelando sentimentos
Lágrimas que caem em sonhos perpetuados e expostos
Regando e dando cor...
No cemitério da saudade, flores do amor.

Jazigo feito de mármore oneroso e tempero de solidão
Fruto de lembranças que serenam terremotos
Majestoso de uma colossal aura em clarão.

Forma-se a mais bela imagem de inocência
Usados os mais singulares instrumentos
Cinza da lava, nuvem cinza e cinzel do artesão
Escultura de insensatez e incoerência.

São deuses que consolam seu coração
Aquecendo novas vidas, novos ninhos
As estradas inóspitas são seus caminhos
Veredas de espinhos no corpo desnudo.

A força de ser afável manifestação
Torna o jaz amargo em farto mel
Apoia-se no inferno e toca o céu
Do mais poético e incompreendido absurdo.

André Anlub