Postagens

Mostrando postagens de Setembro 4, 2012
Imagem
Tempo de ser raro

Não sendo previsível às vezes surpreenderá
O óbvio é chato, reto, e morre de medo de mudar
Mudança quase sempre é salutar e nos faz nova gente...
Mas requer coragem e muitas vezes abdicações.

Temos que ter uma balança imaginária
Pesando as mutações que podemos escolher
A mudança é para si ou às pessoas que merecem
Transformações não devem visar causar inveja ou ciúmes.

Ser raro é sempre surpreender
Estar procurando fazer melhor grandes e pequenas coisas
Mesmo errando, mesmo não conseguindo...
Mas sempre evidenciando sua tentativa.

Voltando aos dois lados e pesos da balança
Fundamental é ser sincero e ousado, egoísta jamais
Nem sempre será mais leve a escolha que pesar menos...
Mas é sempre um ótimo passo acreditar na escolha que se faz.

André Anlub