Postagens

Mostrando postagens de Outubro 16, 2012

Olinda tragada...

Senti uma vontade de tragar Olinda, ouvi o Caymmi  cantando seu carnaval e inalei a fumaça da alegria cantada, fantasiada e inebriada das ladeiras felizes, o meu pulmão se encheu de luz, sonhos e ilusão. A ciência diz aos berros pra que eu ouça que hoje é terça e que subo “a construção como se fosse máquina”, entre devaneios teço um calendário de futuro breve para a linda Marin dos Caetés pisar, !OH LINDA!, quero sentir teu cheiro de poesia em festa!!!  Contudo me permito sentar no Alto da Sé para contemplar meu amado Recife em suas pontes e rios e mares e esculturas e cais e o Sol, abaixo dessas pedras posso sentir o batuque solto dos maracatus, as alfaias falam em vozes de eras e povos ao meu coração, é nessa melodia que vejo o Sol partindo para a entrada do anoitecer... E é tão lindo, tão saboroso que salga o pensar. Os tambores do Samba de Preto Velho esquentam a moçada e no sabor da tapioca eu vou sentindo as estrelas caindo neste lugar mágico, que chamam de Patrimônio Histórico…

Passou...

Ele só disse uma coisa pra mim Ao meu lado tudo é gris E não consigo ser feliz Então fizemos um trato: fim
Nem tudo foi cor de carmim Tantos outros tons se quis, Mas viraram rabiscos de giz No meu chão e teu céu, Passarim
O horizonte é a linha de partida Abrem-se as asas esquecidas E voa, rapaz
Leva tua filosofia fugaz Meu vôo será pra dentro Arrumar os estilhaços do vento
...bons ventos que por aqui passaram.



Bia Cunha

Dia Mundial da Alimentação

Imagem