Gemido de prazer

Nos meus ouvidos é como música
leve, em breves acordes
que inicialmente rodam 
nos redemoinhos das minhas orelhas.

O som vai invadindo 
ao mesmo tempo ocorre uma dança
a sombra da lua nas areias da praia
são fantasmas bailando
onde as ondas chegam e se vão.

Sua voz é magnificência e delicadeza
como o toque suave no cristal
ave de rapina beijando as nuvens
pérola esculpida pela ostra
namoro da coruja e a escuridão.

Nos meus ouvidos é como vida
que escuto todos os dias
ao pronunciar meu nome
trocando guarida
no gemido de prazer.

André Anlub®
(21/04/13)

Postagens mais visitadas deste blog

A chuva bem-vinda

Tempo de recomeço

Um Eu qualquer