Salvador de sol e poesia (parte II)


Moqueca e bobó de camarão, 
vatapá, caruru, 
azeite de dendê, sururu
acarajé, pirão
e um assado cação.
Viver só é bom
quando é mais,
mas muito mais,
que o bater de um coração.

André Anlub®



Postagens mais visitadas deste blog

A chuva bem-vinda

Tempo de recomeço

Um Eu qualquer