Postagens

Mostrando postagens de Junho 4, 2013

Ótima tarde de Terça...

Imagem
Se todas as tulipas fossem negras (continuação de “O livro que fez meu cavalo livre”)
Meu cavalo nesse momento é livre porém, ainda com alguns fantasmas. Também há as estradas íngremes que estendem um tapete vermelho para o nada.
Agora, as tulipas estavam inteiras. não mais pisadas pelas patas. Brilhantes tulipas, com cores vivas e força para enfrentar a tempestade.
O amanhã próximo de letras e tintas a sina que mudaria o caminhar. Nas mãos, preparados para tocar a alma... Os livros de Emily Dickinson e Sylvia Plath.
E as tulipas se tornaram negras ao conhecerem sua história e sua dor. Regadas e afogadas pelas flores coloridas que também afogaram junto seu rancor.
E meu cavalo livre...
Hoje tenho novo cavalo ele está perto, mas não temos contato. Ele me inspira, traz força e medo me respeita e impõe respeito.
O coração se abre, vejo meu próprio inventário. Martírio empoeirado de um achaque guardado e o amor incrustado de um todo imaginário.
Hoje a vida é um constante cenário como o m…