Não esquento...


Não esquento com qualquer coisa
Habituei-me ao fogo brando
Guardo gás para a chama forte
Sempre que houver paixão.

André Anlub®

Postagens mais visitadas deste blog

A chuva bem-vinda

Tempo de recomeço

Um Eu qualquer