Otima noite...

Parte disso ou daquilo, parte o principio de um novo. ele está no começo, o começo faz o corte da navalha; é tudo imaginação, o sol não morre ao longe, tampouco nascerá num amanhã.
A agaga invisível faz risível e apaga o equilibrio... o corpo dele ao vento, no trapézio do tempo amigo. (continua)


Postagens mais visitadas deste blog

A chuva bem-vinda

Tempo de recomeço

Um Eu qualquer