Postagens

Mostrando postagens de Março 30, 2014

Utilidade Pública

Imagem
Quando a Publicidade resolve fazer o consumidor pensar - o que não acontece sempre -, ela o faz com uma força incrível. Vejam este exemplo, perfeito para o momento lamentável que vivemos no Brasil: campanha de conscientização anti-estupro. Página dupla de revista. As páginas estão levemente coladas uma à outra. O leitor puxa-as, uma pra cada lado, fazendo um pouco de força. Aí então, ele lê o texto que diz: "Se você tem que forçar, é estupro". Simples e direto. Na lata.


Nosso Amor

Nosso Amor
Sendo mais sensato e apregoando com ênfase o meu amor Vejo-me mais feliz e completo, caminhando na trilha de gigantes Sinto-me brioso no melhor sentido que faz a vida  Sentimento vindo e não indo, lindo... Como já foi um dia!
No adereço implícito dessa paixão sublime No adjunto das minhas ações e sensações... Esconde-se um menino De pés descalços, sujo de barro se sente um deus Extremamente feliz e compreendido.
Mas se há perigo, se há ciúme... A calentura Minha sepultura se intensifica e grita meu nome Falsa semeadura, enterrando bem fundo os versos meus E no espelho vejo-me embaçado e pequenino.
Mesmo apoucado sou passarinho que voa alto Sem exageros - com muito afeto - sem desatinos Conquisto-lhe, debicando a mais pura lealdade. Tudo entre nós se torna pleno e primazia, se torna de fato.
André Anlub®