Postagens

Mostrando postagens de Abril 12, 2014

O sábio e o tolo

O sábio e o tolo
O mais sábio homem também erra erra ao tentar ensinar quem nunca quis aprender. Os tolos morrem cedo senão por fora morrem por dentro ou ambos.
O mais sábio homem também ama e nesse amar, mergulha e se entrega confia e muitas vezes erra.
Os tolos desconfiam nunca arriscam nunca amam por isso acabam não vivendo morrem por dentro e por fora acabam errando sem jamais terem sido sábios.
André Anlub® (24/03/13)

Dama de Fé

Imagem
Fui com Dora comer codorna (uns ovinhos) na mesa do bar, um chopinho ouvindo Bach, Chopin, Vivaldi...  viva o dia, viva à noite! Tudo manso, mero mosaico e à mesa, o flerte na música de Mozart. A dois na rede me faço breve e lasco um beijo! viva a natureza verde que te quero Verdi.
André Anlub® (22/1/14)