Postagens

Mostrando postagens de Julho 6, 2014

Há exatos 107 anos nasceu Frida Kahlo

Imagem
Quem foiFrida Kahlo- (6 de julho de 1907)

Vítima de um terrível acidente que a prendeu sob um colete de gesso por toda a vida, a dor de Frida foi retratada em sua pintura de forma a marcar sua obra. Os auto-retratos e as representações de cenas do hospital ou de procedimentos médicos foram retratados de forma a fazer o observador partilhar da sua dor. Retratou a lápis a cena do acidente, sem respeito por regras ou perspectivas

Magdalena Carmen Frida Kahlo y Calderon, conhecida como Frida Kahlo, nasceu em 6 de julho de 1907, em Coyoacan, no México, para uma vida cheia de percalços. Frida era uma revolucionária. Ao contrário da elite de sua época, ela gostava de tudo o que era verdadeiramente mexicano: jóias e roupas das índias, objetos de devoção a santos populares, mercados de rua e comidas cheias de pimenta. Fiel ao seu país, a pintora gostava de declarar-se filha da Revolução Mexicana ao dizer que havia nascido em 1910.

Militante comunista e agitadora cultural, Frida usou tintas fortes…

Emoções! sem elas nem vácuos somos...

Não é somente um homem que existe, pois acorda todos os dias com um fantasma gigante para enfrentar e vencer, jamais deixando que o desmotivem, que tentem minimizar suas conquistas; chega ao final do dia com o dever diário cumprido e a sensação de verdadeiramente estar vivo.

André Anlub®


"A emoção me faz chorar, a tristeza me faz crescer"
Virginia Carneiro



Publicação by Alessandra Felix.


Boneco de Engonço

Publicação by KC Ska.

Boneco de engonço (11/4/12)
Vivia teleguiado pela mídia e suas filiais Encontrava resposta para tudo nos seus tele jornais Indignava-se e sozinho resmungava sobre o bem e o mal Sua opinião mudava conforme ele mudava o canal.
O ibope era o único divisor de águas que havia As palavras saiam ao vento diante da televisão
Não sabia que era um atrapalhado boneco de engonço...
Nem que estava em cárcere com a corda no pescoço.
O pior cego às vezes é o que quer ver Regando as mazelas da vida e as vendo crescer Sem saber que muitas informações são manipuladas E outros mil escândalos nunca darão em nada.
Temos que esmiuçar sempre o conhecimento Lendo e relendo o que sabemos ter idoneidade Saindo dos muros de letras que nos prendem em nossas cidades Indo voar e se banhar em outras chuvas e ventos.
André Anlub®