Postagens

Mostrando postagens de Julho 31, 2014

Meus versos voando também em Paraty...

Imagem
A Festa Literária Internacional de Paraty (Flip) 2014 começa nesta quarta-feira (30) com muitas atividades, palestras, exposições, shows entre muitas outras novidades. São tantas atrações que não cabem no evento oficial. Um circuito paralelo, que também tem como foco a literatura, forte e igualmente interessante, acontece na cidade fluminense.

Uma dessas iniciativas é o Bar do Escritor, portal na internet criado pelo escritor Giovani Iemini, sediado em Brasília (DF), que durante a Flip se materializa na Praia do Pontal, na cidade de Paraty.

Confira a entrevista e saiba mais. Redação Nacional é apresentado de segunda a sexta-feira, às 8h, na Rádio Nacional do Rio de Janeiro.

http://m.radios.ebc.com.br/redacao-nacional/edicao/2014-07/portal-bar-do-escritor-do-df-para-o-circuito-flip-em-paraty/

Arte do inacabado

Imagem
Dentro e fora do nada prático homem apático Um específico sentimento colossal abrolhou.  Abrigou a cautela num juízo lunático básico, Cingindo o corpo e tocando o amor.
Arte do inacabado
Estão nos planos os santos de barro, Tem sarro por debaixo dos panos. Clamam alto para nós que somos insanos, Na cruz em chamas vai que um dia me amarro.
Vagueando por claras crenças, As prensas apertando o miolo. Escuridão de densas indiferenças, No preconceito não se reparte o bolo.
É obra-prima a arte do inacabado Foi passado, é presente e futuro.
Se o azul é insígnia do infinito, Onde o mito tem morada e poltrona, Na telona vê absurdos dos filhos, Um cochilo para diminuir a insônia.
Nada fiz, pois encarei só o que pude... Livre arbítrio é um tiro no pé. Tratei de lixo quem me mostrou ser rude... E pra um suposto embuste sou feito de fé. É obra-prima a arte do inacabado Foi passado, é presente e futuro.
Poesias querem ser livres e voar; não fazem questão de egos e glórias! Senão seriam como belos pássaros em gaiolas!
Não de…