Postagens

Mostrando postagens de Agosto 13, 2014
Talvez não seja exatamente
o que tenho para te dar.
Nem eu sei exatamente
o que tenho pra te dar.

..........................

Por trás do que há por trás
brincamos de estar sempre ali.

..........................

Às vezes todo o meu carinho.
Outras vezes
o meu carinho todo.

..........................

Se a minha mesa puder te receber
com o que eu tenho e com o que eu sou,
a minha mesa está posta.

..........................

Quando o milagre
resolveu contar como e porque,
foi outro milagre.

..........................

Quando eu quiser voltar pra casa,
não vou querer outra coisa
além de voltar pra casa.

..........................

Posso te falar do que não sabes
mas prefiro que escutes
o que não sei.

..........................

A ânsia procurou o desespero
e os dois falavam ao mesmo tempo
o que não calavam ao mesmo tempo.

(Rogério Camargo)