Postagens

Mostrando postagens de Setembro 15, 2014

Cheers (Bar dos Poetas)

Publicação by Delão Angra.

Cheers  (Bar dos Poetas) Dedicado as groupies do Brasil (André Anlub - 18/4/10)
(o berro - o bar - a brisa) O copo brusco que vai ao chão E não quebra.
Um velho bilhar De embaralhar, Às vezes deixa em sinuca... (velho frio na nuca)
O jukebox é disputado, Também o jogo de dardo Que tem uma foto amarelada Do Faustão (toda furada).
Esse bar não abre nem fecha, É flecha sempre lançada, Pois o coração do poeta Não seca - não se afoga - não nada!
Absinto é homeopático, Cerveja cria grande barriga, O garçom pra lá de simpático... Sempre serve uma dose extra Com uma porção de linguiça.
Temos que chegar diariamente Com uma pequena prosa, Que fale de espinho ou de rosas De um culpado ou inocente.
Com ela batemos o ponto, Sairemos além de muito tonto, Chamando urubu de meu louro E deixando a freguesia contente.
Garçom, um Southern Comfort E um copo cheio de gelo, Aproveitando minha falta de zelo Com meu fígado guerreiro.
Hoje trouxe esse conto Amanhã venho com outro Vou para uma taberna (a prostituta me esp…
Há dois furdúncios no ar, duas eletricidades, dois assuntos eletrizantes. Pelo menos pra quem gosta de excitações. A caso de racismo da menina gremista que chamou o goleiro do Santos de macaco, no calor de uma torcida, e o caso do casamento homoafetivo que iria se realizar em um CTG, em Santana do Livramento, e foi transferido para o fórum porque puseram fogo no galpão. O mérito das duas questões me interessa muito pouco. Sou capaz de achar que a garota torcedora, cuja casa um imbecil completo tentou incendiar há dois dias atrás, estava fazendo uma bobagem, foi apenas inconsequente. Afinal, ela tem vários amigos negros e até namorada de um ou mais já foi, de maneira que o racismo dela, se existe, é um tanto esquizofrênico. Também sou capaz de achar que duas gays casarem-se num CTG está mais para espetáculo circense do que para cerimônia respeitável. O que também é absolutamente pueril. Pouco importa o que estou achando nestes dois casos. O que eu vejo de interessante é que as pessoas …