Postagens

Mostrando postagens de Outubro 3, 2014

Núcleo Acadêmico de Letras e Artes de Lisboa

Imagem

Pássaros que vem e que passam também são pássaros que ficam

Publicação by João Silvestrini.

Pássaros que vem e que passam também são pássaros que ficam
Indo bem mais profundo no nosso universo, Habita o ponto cego da felicidade. Ela vive numa espécie de vilarejo antigo,  De casebres de pedra, E dias tranquilos de sol dócil, Ar sempre puro e vida que se vive.
Às vezes cai leve garoa, Pois há a tal da nostalgia. Nada combina mais com melancolia, Do que uma garoa, Acompanhada de um pouco de vinho e frio.
Para explicar melhor... Fica na triangulação da apatia, a razão e o amor. Alguns poetas sabem exatamente onde fica, E alguns filósofos escondem. Mas existe, E algo me diz que é por lá, numa casa, Que terminarei os meus dias.
Tem inúmeros pássaros que passam os dias rondando a região, Mesmo sabendo que há comida suficiente por lá.
Já me vejo numa velha poltrona de couro, Alguns tragos e um bom queijo, Mas me contentaria com castanhas. Vejo alguns vasos caros, com belas flores. Mas poderiam ser de argila - comuns.
Ao surgir da lua cheia, A expectativa da inspiração. Sentaria n…
ALGUNS MINICONTOS

Em todos os tempos, desde que houve tempo, a fada brincou de não ser fada mas foi traída pela realidade. A realidade sempre quer a fada brincando de si mesma, e a realidade é dura e cruel quando se impõe. A fada então nunca tem outra alternativa.


A dor solitária quis fundar um clube de dores solitárias, congraçar os sofrimentos, provar umas às outras que havia outras como cada uma. O clube existiu, mas a dor solitária continuou existindo.


- Tudo isso é tudo isso mesmo?
- Não, só em parte.
- Então por que tudo isso?
- Porque, em parte, tudo isso é só o que há.


Por um sinal que tinha na testa, Juslira nunca deixava de ser reconhecida.
- Você é a Jusmara, não é, reconheci pelo sinal na testa.
- Não, eu sou a Juslira.
- Mas não é a Jusmara que tem um sinal na testa?
- Não, a Jusmara tem um sinal na bunda.
- Ah, bom, é por isso que tô confundindo, nunca vi o sinal de Jusmara.
Juslira respirava fundo e partia para outro reconhecimento infalível.


Discurso mais mentiroso não…