Postagens

Mostrando postagens de Novembro 5, 2014

Acalmando a alma VI

Dia da Cultura - 5 de Novembro

Imagem
Comemora-se hoje o Dia da Cultura Brasileira, homenagem a Ruy Barbosa, nascido em 5 de novembro de 1849. 




O JUSTO E A JUSTIÇA POLÍTICA Sexta-feira, 31 de março de 1899. Rui Barbosa
Para os que vivemos a pregar à república o culto da justiça como o supremo elemento preservativo do regímen, a história da paixão, que hoje se consuma, é como que a interferência do testemunho de Deus no nosso curso de educação constitucional. O quadro da ruína moral daquele mundo parece condensar-se no espetáculo da sua justiça, degenerada, invadida pela política, joguete da multidão, escrava de César. Por seis julgamentos passou Cristo, três às mãos dos judeus, três às dos romanos, e em nenhum teve um juiz. Aos olhos dos seus julgadores refulgiu sucessivamente a inocência divina, e nenhum ousou estender-lhe a proteção da toga. Não há tribunais, que bastem, para abrigar o direito, quando o dever se ausenta da consciência dos magistrados.
Grande era, entretanto, nas tradições hebraicas, a noção da divindade do p…

Manjando o Kilimanjaro

Imagem
Manjando o Kilimanjaro (André Anlub® - 27/4/14)
Tanto tempo contemplando a inventiva montanha: Mais tarde, quem sabe, a alma fale e olhe com olhar sedento; Quem sabe exprime, em música e rima, a saudade e o lamento. Mais tarde, quem sabe, tal angústia suave e em silêncio, Desça sem freio e molhe o meu cúmplice de pano... (meu travesseiro)
Submerso nas ilusões das palavras de tintas e nos fios de seda, Procedo com medo, arredio, e coração cheio de ar, de vento, de ventania... (porém, vazio).
Ficou tarde e agora troca-se o chá verde de menta Por um copo cheio de camomila; (quem sabe uma taça de vinho).
As torradas com mel e gergelim, As estrelas da noite ou de um céu, enfim, Quase tudo de quase todos, Sumiram com a escuridão da saliva seca da saudade...
No céu da boca. Foi-se a montanha, é o fim... (eu e o horizonte, sós).