A Morte

OMG
Posted by Syntheticsax Mikhail Morozov on Terça, 21 de outubro de 2014


A Morte (do livro “Poeteideser”)
(André Anlub - 6/6/08)

No furacão do mundo
Surge a esperança:
- subjugando a verdade
- contradizendo a bonança.

É amiga do inimigo,
É a mãe do próprio pai.
Busca em tudo seu abrigo,
Vem, fica e vai.

Surgem então seus seguidores,
Donos da própria vida impura.
Perdidos pelos amores
- Achados pela amargura.

Vem depressa que é seu fim,
Traga todos com você.
Não me encare assim,
Sou a morte para você.

Postagens mais visitadas deste blog

A chuva bem-vinda

Tempo de recomeço

Um Eu qualquer