“Rabisqueiro” do mundo – Poète Maudit – homem que voa!

                                                 André Anlub
                                                       “Rabisqueiro” do mundo –
                                                Poète Maudit – homem que voa!

Não nasci cá nem acolá,
nem além ou aquém;
sou melhor e pior que ninguém.
Vivo o amor e a arte e
assim sou do mundo...
quiçá limpo ou imundo,

mas de nenhuma parte.

Postagens mais visitadas deste blog

A chuva bem-vinda

Tempo de recomeço

Um Eu qualquer