Ótima noite aos amigos

SOBREMESA FLIP. SESSÃO DE ABERTURA: AS MARGENS DE MÁRIO. A crítica literária portenha Beatriz Sarlo compara Mário de Andrade aos autores argentinos contemporâneos a ele. #flip2015
Posted by Arte 1 on Quinta, 2 de julho de 2015


Para não engordar
Não é preciso fazer “piti”;
Basta apenas trocar 
Seu Petit Gateau por Petit Pois.

Sendo o céu infinito
Deixarei nele todo meu amor por ti,
Repousando à vontade enquanto não chegas.

Sua boca é a mais linda
A mais contundente.
Boca que se exprime, 
Nutre-se e declama poesias;
Boca dos meus sonhos,
Beijos, desejos e fantasias.

A respiração é ofegante,
As almas se abrem ao som da ordem.
Dizem que tão minuciosa é a vida
Que sempre certa e transcendental
Caminha toda a história.

Escute a voz que vem de dentro,
Vem do centro, do eixo.
Ela dará apoio,
Consertará o jarro, mesmo que tire sarro,
Que seja um soco no queixo.
A voz só se cala quando falta o intento.

O embuste e o arcano
Entram pelo cano quando se descobre o amor!

Meu mundo já acabou inúmeras vezes,
Sempre o reinvento com mais candura e encantamento.

Pra matar o tempo sem correr o risco de morrer junto, troca-se:
- correr dirigindo na pista, às cegas e vários beijos em altas farras...
Por:
- comer, dividindo a pizza de acelga
com vários queijos e alcaparras.

André Anlub

Postagens mais visitadas deste blog

A chuva bem-vinda

Um Eu qualquer

Parte XI