Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 15, 2015

Atrasado... (Happy Valentine’s Day!)

Imagem
Publicação by Love Nature.


Oh, those boyfriends
are passionate interesting
their hearts, their novels
committed love.
They boundless follies
heated passion without judgment
only accept improvisation
do not accept guesses.
Ah, these lovers
is shameless that supply
say gives nausea
say it seethes
and often ...
cause envy.

André Anlub®
(10/06/13)

No sofá de uma sala

Imagem
No sofá de uma sala
(André Anlub - 21/4/13)

O amor é a maior das certezas
E mesmo assim acontecem infinitos equívocos.

Não se fala em outra coisa
Em todos os lugares:
Em bares, ginásios, tablados,
Basílicas, praias, boates,
Iates, aviões ou carros.

A bola gira, cabelo cai,
O amor derrotado.
Flecha no peito, faca nas costas,
O bobo da corte coroado.

A imagem escureceu,
Os braços ficaram pesados
E nada mais se pode fazer.

Há um enorme e frio buraco,
Onde o eco cantarola sua fala
E no perceber que chegou ao profundo
Vê-se sentado no sofá de uma sala.


Na arte nada, nunca, pode estar 100% a contento... 
A barriga fica cheia e acaba a fome!

Dueto da tarde (LXVI)

Imagem
Dueto da tarde (LXVI)

Está no ar e é liberdade que se aprisiona individualmente em um leque de possibilidades.
Está no ar e quase cai com o peso da responsabilidade.
É a absolvição que muitos procuram, muleta inquebrável e onipresente, é o Rei e o indigente, é a lei e a contravenção.
A liberdade da prisão, a prisão da liberdade e todos falam nagô em iídiche.
Vê-se e põe-se então a salvação que escorre pelas mãos, que residia no interno e na intenção  e no momento transpira em policromias.
Os pés imaginam asas, mas imaginar asas não dá asas aos pés; os olhos imaginam o sossego, mas imaginar o sossego já é um bom começo.
Sonhar sonharia sonhará sempre sonhando sonhos sonháveis a sono solto.
Vê-se e faz-se circuncisão num fundo preto por cima dos pesadelos e entram as primaveras nos desenhos perfeitos nas circunscrições de suas quimeras.
Acordar seria fácil, mas incômodo. Ajeita a cabeça entre as estrelas, mesmo que elas sejam apenas poeira nada cósmica, e a cômica crônica de seu cotidiano é de n…