Postagens

Mostrando postagens de Março 24, 2015

Sonhador

Publicação by Ivete Sangalo.

Sonhador
(André Anlub - 6/11/13)

Ressurreição dos grandes,
Dos poderosos deuses,
Que repousavam e sonhavam,
Apenas sonhavam.

Ao longe se ouve os gritos,
Preparativos da paz.

Entram pelos tímpanos
Os novos tempos dos templos
E as novas terras, moças naves.

Há de surgir o maior dos maiores,
Fim das catástrofes,
Princípio dos versos
E ventos dos Bons.

- Ouçam as trombetas!

Mas é assim, nesse momento,
Onde a festa tem brilho,
Tem som tem ritmo.

Onde pipocam as estrelas
Abrindo passagem aos cometas
Que trarão a verdade.

- Seriam cometas?

E ao cair das pedras e dos astros,
Ilustrando o céu em frenéticos rabiscos,
Vemos uma nova era,
Atmosfera de segurança, 
Benevolência e compreensão.

Como num desejo e sonho:
- ao chão o cajado!
- ao sol o rebanho!
Na utopia a visão.

The Dark Side of the Moon - 42 anos

Imagem
Lançado o álbum The Dark Side of the Moon, do Pink Floyd
24-03-1973
Considerado um dos mais importantes álbuns do rock, The Dark Side of the Moon, do grupo britânico Pink Floyd, era lançado no dia 24 de março de 1973. O trabalho, o oitavo disco do grupo, foi um sucesso imediato de crítica e de público. The Dark Side of the Moon marca ainda uma nova fase do Pink Floyd, com letras intimistas e o emprego de efeitos sonoros complexos para a época, como o uso de múltiplos relógios tocando ao mesmo tempo e caixas registradoras para a clássica Money.
No álbum há referências à cobiça, doença mental e envelhecimento, inspirados pela saída de Syd Barrett, que deixou o grupo em 1968 por causa de sua saúde mental. O disco foi gravado entre 1972 e 1973, no Abbey Road Studios, em Londres, e teve como produtor Alan Parsons.
A emblemática capa, com um prisma atingido por um feixe de luz transformado em arco-íris, foi criada para refletir um trabalho "simples e marcante. Em 2003, a revista especializ…

Dueto da tarde (CIII)

Imagem
Dueto da tarde (CIII)

Outro gole no Absinto e o voo fica perfeito; voa por cima do de vulcões extintos.
Mais um gole na ilusão e tudo fica mais claro: não quer ficar aonde os pés tem chão.
É pretensão de ser águia ou apenas vontade de conhecer o domínio ou o condomínio de algum Deus?
É pretensão de ser Deus ou apenas vontade de conhecer a quem dominam as águias? Seu reflexo no copo da bebida não responde.
Sua fonte da juventude secou. Agora restam esforços para tentar algo novo ou beber de novo do mesmo velho. 
Suspira. Retira do suspiro um arremedo de alento e, cem por cento inconformado, procura um horizonte.
O peso em suas costas aumenta a cada segundo e o clamor do medo profundo sai contíguo ao suor de seus poros.
“Contigo aprendi!”, cantarola para seu copo esverdeado, um Altemar Dutra que desfruta de si mesmo muito pouco e rouco insiste.
Outro gole? não é mole, mas a garrafa está oca; fica uma secura na boca salivando um dilúvio e mãos temendo e tremendo um futuro/presente distúrbio...
Voa…
BRASIL BRASILEIRO

Segundo o jornal, quase nove mil artistas brasileiros estão na lista dos que tiveram conta no HSBC suíço entre 2006 e 2007. Muito bem. Considerando que o HSBC não é o único banco que oferece o serviço, considerando que a Suíça não é o único país que adota essa conduta de proteção ao dinheiro ilícito e considerando que o mundo não parou em 2007, duas perguntinhas: A) Quantos “artistas”, no total, não têm contas lá fora a fim de fugir ao pagamento de impostos nesse exato momento?
B) Quantos destes “artistas” não estão nas redes sociais, neste exato momento, chamando os políticos de corruptos e exigindo a saída de Dilma?


As classes “A” e “B” brasileiras são de uma arrogância patética. Talvez todas elas sejam, mundo afora, é patrimônio universal sentir-se com direito a cobrar serviços e paparicos “bem feitos” quando se tem dinheiro para pagar por eles. Ao passarem algum tempo lá fora, onde “tudo funciona”, chegam aqui e descem a lenha na bagunça nacional, esquecendo que …