Postagens

Mostrando postagens de Abril 10, 2015

Um quê de Bovarismo

Imagem
A tal mutação em determinada sociedade deve-se que principiar unicamente nos próprios umbigos; caso contrário é plantar limão e esperar laranja.

Limpeza dos corações inteligíveis (Um quê de Bovarismo)
- André Anlub

A realidade concorre com minhas vertentes
e elas, céleres e insanas, saem na frente.
Ouvi dizer que sempre vale a pena.
Faço roleta russa com o imaginário
e nesse voar de um total inventário
castram-se cobiças e integra-se a pena.

Vozes tendem o som do trovão
apocalíptico pisar no vil tédio.
Letras brotam num mata-borrão
curam, inebriam, quão doce remédio.
Estouram paixões sempre aludidas
cantam canções, danças nas chuvas.
No certo e no cerco um céu de saídas
arte que inspira expurgando áureas turvas.

Ah, nesse amor descolado, desnudo
das mais gostosas traquinagens
organizando as engrenagens,
desorientando meu mundo.

Acordei afogado no pranto
praticamente um tsunami violento
que fez-me lembrar dos tantos encantos
que migraram para o desejo vagabundo.

O tempo se esgota, é a gota d’água...
que desagua…

Enxugando os Prantos

1 Negro em 100#tvCarta Único aluno negro em uma sala de 100 no primeiro ano de administração na FEA, Renan Silva precisou se levantar do lugar para defender a adoção de cotas raciais na USP. O desabafo foi uma resposta à oposição da professora e de alguns alunos em iniciar um debate sobre o assunto, como pedido pelo movimento negro, que acabara de entrar na sala. A negativa aumentou a tensão que terminou em uma discussão filmada por um aluno contrário às cotas. O vídeo, compartilhado pelo Quebrando o Tabu, viralizou: 2,3 milhões de acessos. Dias depois da briga, Renan conversou com CartaCapital no prédio da FEA. No vídeo ele relembra a discussão e explica porque, embora não seja cotista, defende que a USP também adote o sistema de cotas raciais.
Posted by CartaCapital on Quarta, 1 de abril de 2015

Enxugando os Prantos 
(André Anlub - 8/7/10)

Toda a paz do mundo caindo em gotas de chuva
Plena abundância do amor
Reconstruída a fé e a esperança
Saúde dando aos montes em cachos de uva.

O ciclo d…

Dueto da tarde (CXX)

Israelis Make Ultimate A Capella Bob Marley TributeThis awesome a capella version of Bob Marley's 'Could You Be Loved' was made by Israeli musicians in honor of what would have been the late Marley's 70th Birthday. An event is being held in Israel on January 31 to celebrate in Tel Aviv.Produced by: Guy Dreifuss (Afficoman) and Shmulik Bar-DanDirected Filmed & Cut by: Alon Segal - http://Alonsegal.com/Music Production: Amit SagieVision and additional editing: Guy DreifussProduction: Adi EzerSpecial thanks: האוס אוף מארלי ישראל House of Marley IsraelThanks to all the artists and people that participated:Alon Landa, Amit Sagie, Gadi Altman, Odelia Oknin, Ohad Rein, Oren Wilson, Shira Chen, Tony Ray, Urijah Gazit, Yonathan Liner.Facebook page: Bob Marley Israel בוב מארלי ישראלEvent page (Jan 31): Tel Aviv: https://www.facebook.com/events/699790453468690/YouTube link: https://www.youtube.com/watch?v=5aN6eDGEc0URepublished with permission from the artists - all rights re…

De encontro à vida

simpsons explica terceirizaçãoSIMPSONS EXPLICA TERCEIRIZAÇÃORindo para não chorar...É preciso que desenhe para que algumas pessoas entendam: a terceirização é destruição das condições de vida da população e maior concorrência entre os trabalhadores.abaixo o projeto de lei da terceirização!(agradecemos ao leitor P.R. pela recomendação do vídeo!)
Posted by território livre on Quinta, 9 de abril de 2015

De encontro à vida 
(André Anlub - 25/1/15)

(... e o arrogante prepotente morreu e não ficará sabendo que a vida continuou logo após seu enterro).

É, é missão; é, é improviso, concepção, papel e caneta na mão... deixem estar, deixem “star” – noite escura e quente de verão; vejo as nuvens brancas e cinzas, em degrade – jazem no céu, aqui jazo eu, caso continue o branco desse funesto papel.

Há um estalo, sobe pelo ralo o cheiro de uma fragrância estrangeira; há frequência, talvez de rádio, talvez aquela vizinha louca indo ao bordel; ela vive sozinha e às vezes apara seu Bonsai – (vejo pela janel…