Postagens

Mostrando postagens de Maio 19, 2015

É mentira

Veja este episódio NA ÍNTEGRA no #CanalBrasilPlay >http://bit.ly/SOMzeliaZélia Duncan conta todos os detalhes do álbum...
Publicação by Canal Brasil.

É mentira
(André Anlub - 23/3/15)

Ouço aquele antigo e famoso soneto; 
Aquele soneto penoso, faceiro e genioso.
Criou um rolo que rola pela rua ao desígnio;
Sopro do delicado açúcar que soa e sara como seiva na sua nuca.

Vou fingir ressentimento, pirar e respirar o mais fundo possível...
Vem passando o caminhão do fumacê.
Faça como fiz: coloque seus espertos óculos espelhados
E vire um servo que serve de espelho aos cabelos despenteados dos amigos.

Lá vem ele de novo!
- enganou-se o bobo na casca do ovo.

Teve tal sujeito sem jeito para quase nada,
Mas que fez cabana na colina.
Colhia taioba e fazia um refogado supimpa.
Tal homem babava – bebia sidra e dormia cedo, sonhava muito e muito sorria...
Era gente boa, boa bica, de boa índole – dependente de sol e insulina.

Lá vai ele de novo!
- é mentira!

Entrevista de Zélia Duncan na íntegra aqui: http://canalb…

Copo de plástico

"A natureza sabe ser belíssima". Foi o que disse uma astronauta ao ver isto

"A astronauta italiana Samantha Cristoforetti publicou nesta terça-feira (19) um vídeo em timelapse com cena de aurora boreal vista da Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês). Junto com o vídeo, a astronauta escreveu em seu perfil no Facebook: "Auroras: raios cósmicos, vento solar e nossa atmosfera... a natureza realmente sabe ser belíssima!""



Copo de plástico
(André Anlub - 13/1/15)

E vai o ar mais quente do verão,
Pelos espaços em brancos, pelas alamedas vazias,
Nas narinas dos santos e dos pecadores.

Vai um filete de água descendo o canto da calçada,
Leva um copo de plástico; talvez leve um vulto sagrado.
No velho casebre o homem esculpe uma cálida imagem,
Que logo, em breve – quem sabe, esboçará uma crença.

No campo azul lá em cima, há gritos de prosperidade...
No palco azul piscina, no alto, no voo e no espaço.

Ninguém mais chega ao ponto, na resposta da longa pergunta...

Madrugada de 19 de maio de 2015

O que você faz quando percebe que uma coisa leva a outra e você não tem nenhum controle sobre isso?Às 22h, assista ao...
Publicação by Canal Brasil.

Alguns fatos amargos para quem ama café puro e limonada suíça sem açúcar.
(Madrugada de 19 de maio de 2015)

Corriqueiramente se pega pensando na sua adolescência atípica; por que atípica? Apenas por quatro poréns:
O primeiro aspecto é justamente a própria adolescência que durou até os trinta anos de idade. Não que ele tenha brincado com brinquedos de criança, muito pelo contrário; a convivência, os interesses e os desenvolvimentos familiares, amorosos e nas amizades evoluíram naturalmente; até mesmo quando terminou a escola, trabalhou e fez uma especialização em computação gráfica. Sendo que no ínterim de tudo isso, até os trinta, não aceitava as responsabilidades de adulto perante as diversões e às drogas.
O segundo aspecto é que ele foi extremamente imaturo. Ao ponto de encarar cada minuto da vida, cada situação com extrema surpresa e i…

Dueto da tarde (CLVIII)

Imagem
Dueto da tarde (CLVIII)

A vontade de chegar regula os passos desde a partida.
Nos pés as feridas aumentam, o corpo é bigorna e a exaustão é lamento.
Respiração arfante, o peso da determinação determinando a velocidade. E as consequências. 
Nas mãos os calos calados na corda da calada escalada.
Os olhos fixos numa estrada que já foi enluarada, na calçada descalça e no anseio da liberdade alcançada.
Talvez chova. Talvez o sol rache. Talvez não ache o caminho. Talvez falte luz nos olhos. Mas vai adiante.
A vontade de chegar regula as asas desde o desfiladeiro passado.
Metro a metro, pedra por pedra, expectativa por expectativa. O que chega nunca é o imaginado, mas o que a experiência obteve não bota fora, os olhos comprovam, as mãos aprovam e os pés renovam juramentos: um, dois; um, dois; um, dois...
Há muito que andar e andar é muito. O fogo pode estar quase morto, mas a chama nunca morre.
O desejo escorre pelas mãos junto ao suor, e em sol maior se queima e canta uma canção que o silêncio escuta…

Malcolm X

Imagem
Hoje o grande líder negro faria 90 anos se não tivesse sido executado em frente à esposa grávida e às filhas menores a mando dos racistas que temiam a emancipação do povo negro.

“Se você não cuidar, os jornais farão você odiar as pessoas que estão sendo oprimidas, e amar as pessoas que estão oprimindo.” 

―Malcolm X