Postagens

Mostrando postagens de Julho 25, 2015

manhã de 25 de julho de 2015

Imagem
Na liberdade há muitos fetiches, mas a incoerência existe em se prender neles.
(manhã de 25 de julho de 2015)

                 Olhe com tenacidade para fora desse quadrado e ultrapasse a grade. No mínimo haverá um universo que lhe agrade. Sendo si mesma, sendo simétrica; veja-se agora sua dona, faça o esforço nesse esboço de ouvir sua voz de doma soar em suor. Procurando abrir a porta certa, passa perto de ser casada eternamente com sua ex-casa, sua ex-vida, sua “se vira” tanto ouvida por ser tão nada brandamente falada. Nem isso nem aquilo nada mais valiam mais do que a sua simples e própria procura da coisa certa. Vista-se de olheira do mundo, de plantadora de sementes secretas que brotam belas árvores aos montes e de repente – não se esquecendo de citar –, que a qualquer momento, darão excelentes frutos. Ao pisar fora do quadrado (caso consiga), cuidado! A areia é bastante quente e o caminho estreito que vai dar ao mar é bem cansativo: dunas em sobe e desce, muitos vultos – mas inócu…