Postagens

Mostrando postagens de Agosto 29, 2015

Ilha da prosperidade

Imagem
Fábula dos Piratas
(Ilha da prosperidade)
(André Anlub - 11/6/12)

Deixou pra amanhã e funcionou – sol nasceu
Dentre as belezas mais raras – lua bela
Acabou com a mesmice, foi além do amor.

- Arriscou-se em sacrifícios;
Enfrentou seus pesadelos;
Encarou os pecados;
Desmotivou a desunião.

Fez um primor de discurso,
Quebrou o gelo, calou o berro,
No manuscrito da alma
Consertou o leme, ajeitou o curso.

Pra ilha da prosperidade seguiu
E aumentou a tempestade,
Multiplicaram-se os ventos fortes
E mais breve foi sua chegada.

Olhem por aí... (deu certo!)
A brisa chegou para refrescá-lo,
O pesadelo morreu.

Nasceram os encantos e as poesias,
Se for proibido não se cale,
Se for legal conte-nos mais.

Grande Mujica... Por um mundo com mais Mujicas

Imagem
O discurso do Mujica na UERJ hoje transformou vidas. Lembrei de uma vez que li num livro: "Não seja um revolucionário; seja uma revolução." Ele é uma revolução. 

"Não tenho livro de cabeceira. A cada três ou quatro anos leio o Quixote, mas fora isso, leio livros de história. Não há meio melhor de se conhecer e conhecer a vida do que investigar a aventura humana através dos tempos, em todas as partes do globo. Conhecendo a história, você aprende que esquerda e direita não vieram a existir só na Revolução Francesa; a humanidade sempre ostentou uma face conservadora e uma face progressista. O que era um Francisco de Assis? Era a esquerda.

Se porventura o conservadorismo toma ares reacionários ou golpistas, é porque nós, progressistas, deixamos de ocupar o espaço que nos cabe, dando chance a eles. A direita vai lutar pela direita, não é óbvio? Nós é que não podemos dar-lhes a chance de triunfar. Não podemos aceitá-los em nossos quadros. Devemos nos organizar sempre, coletivam…