Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 18, 2015
ROESIAS

A brisa da tua mão em meu rosto e meu rosto sabendo da tua brisa na brasa dele.
..........................
Um sol para que mar converse com a luz e a luz converse com a pedra que o mar conversa.
..........................
Pode que você não acredite. Mas eu preciso que você acredite?
..........................
Forte como a esperança. Não. Forte como a certeza. Não. Forte como a força.
..........................
Um dia de frente para um dia de frente. E os demais de menos.
..........................
O texto muito estranho que não ter escrito escreveu.
..........................
À beira do rio e à beira do céu que o rio reflete.
..........................
Levarei meus excessos até onde a beleza permitir que leve meus excessos.
..........................
O meu amor esperando que o meu amor esperando não seja apenas esperar.
..........................
Todas as cores da árvore que são apenas céu para a árvore e só.

(Rogério Camargo)