Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 21, 2015
NATAL TODO DIA

“Tenho certeza que se poderia fazer um Natal todo dia”. Pois eu tenho certeza que não. Mesmo afastando o lado cínico da interpretação, que seria o de uma diária troca de presentes: o comércio ficaria muito feliz, mas não haveria bolso para sustentar essa prática. Mesmo ficando só com o aspecto idealista da afirmação, que é muito ingênua. Acreditar nisso é acreditar que o ser humano pudesse ser perenemente “bom”, só sentir coisas “boas” pelos outros seres humanos, viver um espírito de “fraternidade” constante e retilíneo. Isso é pura fantasia. Mais lucra quem coloca aspas nesses cor-de-rosas que só atrapalham a admissão de que estamos muito mais perto da animalidade grosseira do que da sutileza angelical. As pessoas se têm em muito alta e equivocada conta. Até por instinto de defesa (ou por uma reaplicação dele) procuram evitar uma observação mais profunda e isenta em suas reações violentas, mascarando-as com o verniz de uma civilidade extremamente frágil. Em resumo, a h…