Dama de fé


Dama de fé

É dama de fé famélica,
vive o amor como um Deus.
Suas ações são suas vozes,
são seus céus, versos e véus.

É dama que simplesmente faz,
jamais quis fazer parecer.
Silencia e desmascara os atrozes
que respondem com vis falações.

Pros falsos profetas macabros,
sorrimos com nossa benevolência,
pois são desumanos de mero vocábulo
que voa sem asa, nem rumo,
e pousa fazendo injúria nos castos...
No deserto das aparências.

Postagens mais visitadas deste blog

A chuva bem-vinda

Um Eu qualquer

Parte XI