20 de Nov. Dia Nacional da Consciência Negra


Nas cores que se misturam
Nos diferentes ou mesmos sexos partilhados
Sem altivez e preconceito
Nascem a excitação e a tonalidade
Nasce alucinadamente...
Aquele amor na verdade.

Tenho alma em aquarela
Alma fundida, misturada
Afável e zen.
Alma branca, negra, amarela...
Às vezes com tons de cinza
Mas não só cinquenta!

São pra lá de cem.

André Anlub

Postagens mais visitadas deste blog

Tempo de recomeço

Parte XI