20 de Nov. Dia Nacional da Consciência Negra


Nas cores que se misturam
Nos diferentes ou mesmos sexos partilhados
Sem altivez e preconceito
Nascem a excitação e a tonalidade
Nasce alucinadamente...
Aquele amor na verdade.

Tenho alma em aquarela
Alma fundida, misturada
Afável e zen.
Alma branca, negra, amarela...
Às vezes com tons de cinza
Mas não só cinquenta!

São pra lá de cem.

André Anlub

Postagens mais visitadas deste blog

A chuva bem-vinda

Um Eu qualquer

Parte XI