Ótimo dia aos amigos!

Focamos a vida em construir. É o que nos norteia e nos faz levantar e lutar a cada dia. Temos uma conotação ruim à palavra “desconstruir”, pois vemos um cenário negativo, desqualificativo e nocivo nela. A questão é que crescemos nos moldando com o tempo, ganhando corpo/conhecimento como um castelo que nunca ficará pronto. Vamos sendo construídos tábua por tábua – pedra por pedra – cimento – areia, e influências externas. Nesse processo de construção, nessa massa, nessa essência, coloca-se também estigmas sociais, preconceitos, teimosias e arrogâncias. É salutar aceitar, reconhecer e aprender a desconstruir tais sentimentos, a fim de sermos mais tolerantes e justos.

O RUIM

Vivendo a vida como se disputasse corrida
Lavando a alma e enxugando o corpo
Entrando no ringue e comprando briga
Largando obrigações e segurando o copo

De marcha ré ele vai para frente
Reclamando de tudo que possui
Fazendo tudo que está na mente
Sendo pior que o próprio ruim

Muito chifre e pouca fé
Deixando sua marca em todo lugar
Muito longe ele vai a pé
Todo esgoto é o seu lar

Ri do circo pegando fogo
Quer ver o padre virar pedófilo
Aposta e ganha em qualquer jogo
Dá tapa na cara de tudo que é óbvio.

André Anlub

Postagens mais visitadas deste blog

Tempo de recomeço

Parte XI