Postagens

Mostrando postagens de Março 25, 2017

No meio do lago

Imagem
As gaiolas se abriram, voam os pássaros, rumo à vida.
Falham as bombas e pombas de branco se pintam.
O mundo esquece seu eixo, gira em toda direção
e pira - sem nenhum desleixo - sem a menor ambição.

No meio do lago sossego meus remos (18/11/13)

lanço a vara com a melhor das iscas.
Espero o peixe
faço figa.
Em tempo ameno
mordeu a Tilápia.
Depois do alvoroço
num pensar parco
devolvo-a pro lago.
- No meu lar tem almoço
Já ganhei meu dia
vou puxar meu barco.

André Anlub®

Sonhador

Imagem
Sonhador (6/11/13)

Ressurreição dos grandes,
Dos poderosos deuses,
Que repousavam e sonhavam,
Apenas sonhavam.

Ao longe se ouve os gritos,
Preparativos da paz.
Entram pelos tímpanos
Os novos tempos dos templos
E as novas terras, moças naves.

Há de surgir o maior dos maiores,
Fim das catástrofes,
Princípio dos versos e ventos...
Bons.

Ouçam as trombetas!

Mas é assim, nesse momento,
Onde a festa tem brilho,
Tem som, tem ritmo,
Onde pipocam as estrelas
Abrindo passagem aos cometas
Que trarão a verdade.

Seriam cometas?

E ao cair das pedras e dos astros,
Ilustrando o céu
Em frenéticos rabiscos;
Vemos uma nova era
Atmosfera de segurança,
Benevolência e compreensão.

Como num desejo e sonho,
Ao chão o cajado,
Ao sol o rebanho,
Na utopia e visão.

André Anlub®