Postagens

Mostrando postagens de Agosto 23, 2017

Das loucuras (vacila o versuto, verossímil e versado)

Imagem
Das loucuras (vacila o versuto, verossímil e versado)

No estilo, chamam de coitado aquele burguês alinhado,
Quebram o osso do seu pescoço na forca do imaginado.
Metaforicamente, o que é de gosto causa gordo gasto;
Gastronomicamente, churrasquinho de gato é de bom trato.

Viu e deu à luz, no fim, centro e final do túnel sombrio;
Túnel mal iluminado que remete às lembranças em Copacabana;
Paredes rabiscadas, grafites dos anos oitenta, louca fama.
Morcegos da noite, aranhas da noite, coloridos calafrios.

Arcabouços de homens presos ao calabouço de um tempo voando;
Alvedrios, livre arbítrios são arbitragens desvalidas, são besteiras...
O foco foca no presente, mas nada ausente o futuro chega derrocando;
Colocando ‘cada um no seu quadrado’ e o ‘quadrado’ na lixeira.

Na camuflagem da imagem criada pelo despeito do ego,
O cego, surdo, mudo denega e não nega que é chover no molhado.
Ser de ouro e sensato, safo touro sentado – entre as pernas seu rabo;
A magia que quebra ao olhar no espelho; mundo real que lhe…