Postagens

Mostrando postagens de Novembro 7, 2017

Das Loucuras (caracol com seu cada qual)

Imagem
Das Loucuras (caracol com seu cada qual)

Janela aberta, o tempo congela, o olhar foca fixo no horizonte;
Vê-se a sombra crescendo, vindo, e o pôr-do-sol adjacente.
Isso talvez seja o início de algum dos livros da estante,
Ou somente o montante dos meus sonhos inacabados de sempre.

Não devemos viver para ficar bem na foto; devemos viver para fotografar...
Há de se abafar os que gritam; mas também há de se calar para ouvi-los.
Quem se puser por livre e espontânea vontade na frente da lente da vida,
Correrá um risco tremendo de se conhecer e talvez não gostar.

O olhar de quem acha é o olhar de quem perde: ache, peque, perca.
Conheceu-se e foi mais justo consigo e com os que o cerca.
A paixão muda de meta, mas continua sendo seu o amor;
A ousadia continua na meta, mas nunca será só sua qualquer possível dor.

Perdemos as lacunas quando não deixamos espaços para um escrever o outro.
No oco das lacunas residem as mais suntuosas pinturas e frases.
Poderíamos passar o resto da vida abrindo janelas e pintando…