Herói trágico

With Syria.
Posted by Banksy on Segunda, 17 de março de 2014


Herói trágico

Tsunamis
Terremotos
Almas penadas...

Fragmentos de episódios de um cotidiano singular
Cheiro de eucalipto na cheia banheira da casa
Banhos de sais e velas acesas só fazem ansiar.

Um amor perdido e desperdiçado
Assusta os ponteiros da vida...
Na montanha russa.

Falam bem alto que o tempo é esgotado
Aprenderam a lidar com a lida
Pintam os olhos encharcados com cores de fúcsia
Relógio antigo na parede carcomida.

É de matar!
Sim, de matar...
Já com seus anos vividos e ainda teme paixões
Burro de carga em estradas esburacadas
Coração mole de pedra de açúcar
Herói trágico de sua própria vida.

André Anlub

Postagens mais visitadas deste blog

A chuva bem-vinda

Tempo de recomeço

Um Eu qualquer