E aquela quinta fantástica...

Ontem, sem querer, pisei no rabo de um dos meus cães, e ele é que veio pedir desculpas.
A imagem que se seguiu foi do bicho homem tomando tapa de luva de pelica.
O que tenho lido e visto é a crueldade humana cada dia mais desumana e irracional.

André Anlub®

Parabéns aos ativistas! Não deixem jamais que arquétipos esdrúxulos, oportunismos midiáticos e vozes atrozes lhe roubem seus sonhos, sejam quais forem.




Postagens mais visitadas deste blog

A chuva bem-vinda

Um Eu qualquer

Parte XI