VARAL DE POESIAS - MG 2014

"De graça, o público pôde conferir o “Sarau no Parque” coordenado pelo cantor e compositor 
Mario Noya e seus convidados, juntamente com o projeto " Varal de Poesias", apoiado pelo cantor e coordenado pela poetisa Larissa Vaz. Às vésperas da primavera, o Parque das Mangabeiras, localizado na Serra do Curral, maior reserva ambiental de Belo Horizonte, foi palco para a apresentação de diversos compositores em fase de divulgação de seus CDs e de novos músicos que estão se formando pelas escolas Oficina de Música Cavallieri (BH) e Escala (Sete Lagoas). Evento integrante do projeto “Caminhão Palco Itinerante” (desde 2009), de Mario Noya, o Sarau propiciou a apresentação de compositores com os quais o artista Mario Noya encontra interseções e parcerias. São eles: Geraldo Carvalho (RN), Dillo Daraújo (DF), Tuia Lencioni (SP), Jefin Joanes (BH), Marco Damarita (BH), João Vianna (Vil Metal –BH), dentre outros. Com alguns destes compositores Mario acaba de se apresentar em Londres (UK) em evento que marcou o encerramento da Fifa World Cup Brasil, no Floripa London, através de intercâmbio apoiado em Lei de Incentivo (DF). No dia 21 de setembro, em evento que durou o dia inteiro, o público conferiu toda a riqueza de seu  último CD - “Meu Pop é Assim” – e o trabalho de novos compositores da cena MPB Nacional. A banda de apoio é formada pelos músicos Mario Noya nos vocais e guitarras, Carlim Olliveira (guitarras e vocais), Jefin Joanes (baixo), Piazza (percussão) e Robinho Batera na bateria e percussão. Acontece também um Varal de Poesias sob a coordenação e curadoria da poetisa mineira Larissa Vaz. Participaram os poetas André Anlub (RJ), Larissa Vaz (MG), Marcus Viana(MG), Denise Moraes (ES), Rogério Camargo (RS), Maria Júlia Pontes(SP), Mateus Rabelo(MG), Danniel Valente(AM), Antônio Roberto(MG), Antônio Galvão(MG), Maria Tereza Rafael Rogel(SP), Avelino Acácio da Cunha (Portugal); e os designers Cyda Lyra e Eliani Maria de Paula." (Larissa Vaz)








Postagens mais visitadas deste blog

A chuva bem-vinda

Um Eu qualquer

Parte XI